Páscoa: Significado, Data,

Páscoa – Significados, imagens, símbolos, origem do ovo e do coelho de páscoa, histórias e muito mais.

A páscoa é uma das mais tradicionais comemorações religiosas, na qual é celebrada a ressurreição de Jesus Cristo de acordo com os religiosos. Para os cristãos e a igreja católica, por exemplo, a Páscoa é considerada uma das datas mais importantes do ano ao lado do natal, no qual se comemora o nascimento de Cristo.

Esta comemoração, no entanto, varia de acordo com religiões e outras tradições. Para os judeus, por exemplo, a páscoa é a data na qual se celebra a libertação do povo Hebreu do antigo Egito, tendo como objeto da comemoração a liberdade de seu povo.

Já em algumas culturas antigas, como as orientais, por exemplo, a comemoração da páscoa é relacionada à chegada da primavera, na qual as comemorações se relacionavam com eventos e fenômenos naturais que prenunciavam a nova estação.

De forma geral, a páscoa é a celebração da vida, na qual os povos, cada qual com sua crença e cultura utiliza para celebrar a vida, a chegada de um novo ciclo, uma vida nova – todos com símbolos e tradições que remetem a este tipo de celebração.

Datas e comemoração

A páscoa é uma festa que não possui uma data fixa no calendário, sendo comemorada sempre em uma data que pode variar entre o dia 22 de março e 25 de abril. Esta variação acontece porque a páscoa se celebra no primeiro domingo após a primeira lua cheia da primavera, para o hemisfério norte, ou outono, para o hemisfério sul.

Os dias que precedem a páscoa também possuem uma importância significativa para a data da comemoração. Por exemplo, o domingo de páscoa acontece exatamente 47 dias depois da quarta-feira de cinzas, dia que marca o início da quaresma.

A quaresma representa para os católicos, o período de Jesus Cristo no deserto antes de sua crucificação, sendo um período utilizado por muitos crentes e religiosos para reflexão e jejum. Este período se encerra no domingo de ramos, uma semana antes da páscoa, iniciando a semana santa que precede a comemoração da páscoa.

Já a comemoração da páscoa, feita no domingo de páscoa, sofre diversas variações de religião para religião e também entre diferentes culturas. Em comum, a grande maioria possui o rito de reunir as famílias para comemorar a data e celebrarem juntos a vida ou a ressurreição de Cristo.

Tradição

Embora a páscoa seja uma festa muito ligada ao cristianismo, a comemoração desta data tem início em um período muito anterior, com o povo Hebreu que celebra a data desde aproximadamente 1.400 A.C.

Inicialmente a data era comemorada pelos Hebreus pela primavera, mas após a libertação de seu povo do Egito, libertando-se dos faraós, é que a comemoração passou a ser de fato celebrada por este povo. O próprio nome “páscoa” remete à palavra “Peseach”, que do Hebreu significa “passagem da escravidão para a liberdade”.

Esta comemoração seguiu por muito tempo como a mais tradicional, com indicações bíblicas de que, inclusive Jesus Cristo tenha participado de diversas celebrações pascais em sua época.

Porém, com o cristianismo e a celebração da ressurreição de Jesus Cristo, esta passagem da escravidão para a liberdade passou a representar não mais a libertação dos Hebreus, mas sim uma vida nova após a morte, ou a vida eterna ao lado de Deus representada pela ressurreição de Cristo, na qual após as dificuldades e sofrimentos na vida terrena os fiéis obterão a liberdade, ou as bênçãos da vida eterna após a morte.

Origem do chocolate e ovos de páscoa

Ao contrário do que se pode imaginar, a origem dos ovos de páscoa de chocolate não está diretamente relacionada à páscoa, mas a outras festas e celebrações orientais e do leste europeu.

Nestas regiões era comum que em comemorações religiosas, como por exemplo a chegada da primavera que futuramente se fundiria com a páscoa, pessoas tivessem o costume de presentear seus amigos e familiares com ovos de galinha decorados de diversas cores para representar a alegria e festividade celebrada nestas determinadas datas.

O ato de se presentear com ovos decorados também estava muito ligado à ideia da fertilidade, celebrada por diversas culturas pagãs, nas quais o ato de se presentear com ovos decorados trazia a fertilidade a suas famílias.

Mais à frente na história, no período medieval, se tornou comum que reis e outras pessoas mais abastadas da nobreza passassem a presentear familiares na festa da páscoa com ovos muito decorados, alguns até mesmo com adornos de pérolas e diamantes.

Já a ideia dos ovos de chocolate é bem mais recente em relação a esta tradição milenar de se presentear as pessoas com ovos decorados. A origem exata é tema de discussões, mas o mais aceito é que confeiteiros franceses tenham sido os primeiros a fabricarem os ovos de chocolate, que gradualmente substituíram os antigos ovos de galinha decorados.

Significado da páscoa para os cristãos

O significado da páscoa para os cristãos talvez seja o mais conhecido por sua divulgação e pela forma como é difundido a cada ano, sendo muito mais acessível do que o significado com relação às demais crenças.

Para os cristãos o significado da páscoa é a libertação da humanidade de seus pecados por meio da crucificação e ressurreição de Jesus Cristo, o qual dá aos fiéis a vida eterna a exemplo de Cristo, que ressuscitou após sua crucificação.

Os cristãos têm a páscoa como principal festividade, pois representa a missão de cristo na terra, que foi a de salvar a humanidade por meio de seu sacrifício, a crucificação, e a ressurreição.

No entanto, para os cristãos a páscoa não se limita ao domingo de páscoa, havendo toda uma preparação com o período da quaresma, a semana santa e os sete dias que seguem a páscoa, conhecidos como oitava de páscoa.

Significado da páscoa para os evangélicos

Assim como para os cristãos, a páscoa para os evangélicos representa a ressurreição de Jesus Cristo, sendo celebrada a volta à vida de Cristo após sua crucificação.

A principal diferença, no entanto, fica por conta do modo como é feita a celebração e os simbolismos, senso uma festa muito mais simples para os evangélicos.

Na maioria das igrejas evangélicas, a celebração da páscoa é feita apenas com o culto no domingo de páscoa e com poucos símbolos como os ovos de páscoa. Além disso, a celebração é encerrada no próprio domingo de páscoa, diferentemente da celebração realizada pelos cristãos.

O que a bíblia diz sobre a páscoa

A páscoa é citada na bíblia tanto no antigo quanto no novo testamento, sofrendo as mudanças já conhecidas de uma parte para outra.

No antigo testamento a páscoa é citada em diversas passagens, especialmente com relação à libertação dos Hebreus do Egito. No entanto, a bíblia cita ainda a comemoração anterior, na qual era comemorada a chegada da primavera, com destaque para a fabricação dos pães sem fermento, utilizados nestas comemorações pascais pelos Hebreus antes de sua libertação.

As passagens referentes à páscoa no antigo testamento podem ser encontradas nos livros do Êxodo, Deuteronômio e Josué, os quais citam a antiga comemoração pascal, seguida ainda especialmente pelos judeus.

Já no novo testamento a bíblia cita a páscoa como a conhecemos atualmente, celebrando a morte e ressurreição de Jesus Cristo e o ciclo da vida, representando a vida eterna para os cristãos.

De maneira especial, a páscoa é celebrada no novo testamento com passagens que relembram a última ceia de Cristo com seus apóstolos, sua crucificação e a ressurreição, dando assim um ciclo às celebrações de páscoa que acontecem assim como a conhecemos atualmente.

As passagens que falam da páscoa no novo testamento da bíblia podem ser encontradas nos quatro livros do evangelho, escritos por Marcos, Matheus, Lucas e João.

Frases e mensagens de páscoa

  • A páscoa é o período de renovação da vida e com ela a esperança de um mundo melhor.
  • A páscoa não deve ser resumida apenas à lembrança da morte e do sacrifício de Cristo, mas deve ser também uma celebração de alegria e vitória pela sua ressurreição.
  • A espiritualidade da páscoa deve ser vivida todos os dias, quando entendemos o que realmente significa a festa da páscoa e colocamos esse ensinamento em prática em nosso dia a dia o mundo ao nosso redor é transformado e a renovação trazida pela Páscoa se faz presente em nossa vida.
  • A páscoa é uma festa de renascimento, de recomeço, é uma nova chance para que possamos melhorar as coisas que não gostamos em nós, nos tornando pessoas melhores e espalhando ao mundo o verdadeiro significado e a mensagem da páscoa.
  • Que na páscoa possamos buscar mais do que apenas religião, mas que saibamos buscar o verdadeiro renascimento de Cristo e aplicá-lo em nossa vida, tornando-nos pessoas verdadeiramente renascidas e transformadas graças ao real significado da páscoa.
  • A Páscoa é apenas o recomeço, que traz consigo a certeza de um futuro repleto de realizações, esperando que o amor inunde o coração dos homens e os liberte de suas escravidões, levando-os ao amor verdadeiro e transformando-os para sempre.